sábado, 28 de abril de 2012

VOO DA ÁGUIA


Voo da Águia


Olho com as nuvens
Vertendo a imensidão
Voo a encantada beleza
Liberdade de ser
Simplesmente pura
Como a montanha
 Silenciosa acolhe
Deslumbra

4 comentários:

Anne disse...

Vive minha amiga, vive. Bate as asas e voa.

beijão
Anne

Silvia disse...

Oi, Graça!
Que bom te reencontrar e ler tuas palavras sempre tão profundas.
Saudade de nossas tardes de "Oficina"!!!
Grande abraço,
Silvia.

Maria disse...

Anne,

Voar é parte de mim.
Mesmo as vezes em que senti as asas fracas, cortadas ou enrijecidas, soube esperar o tempo de retomar o voo.
Amo as alturas, onde tudo abaixo é parte de um todo sem diferenças.
As montanhas sabem disso.
BJS

Maria disse...

Silvia

O reencontro é reescrever o caminho que trilhamos juntas.
Tempos bons de oficina, partilha de almas. Momentos inesquecíveis.
BJS